20/03/2015

483 - Primavera


Quando tudo parece convergir
para o que já suponho ser o nada
no frio Inverno
Eis que explode triunfante e bela
a linda Primavera 
em mil cores, e fragrâncias
na infinita bênção do recomeço


Sem comentários:

Enviar um comentário