25/02/2012

138 - Caminhando


Caminho na direcção do nada
onde tudo se apaga num instante de beleza
como uma estrela quando morre na sua própria incerteza...


2 comentários:

  1. Gosto desse caminho...é uma vereda
    com sombras e ervinhas frescas
    Lá no fundo espreita a claridade que fere...
    Não temas, que eu vou atrás...

    ResponderEliminar