30/11/2011

50 - Agora, demora-te



Mas é claro que está a derreter, estou aqui à bués à tua espera... 
Isto é que são horas para chegar???


49 - Olhar a noite



Começo a olhar a noite
agora através do silêncio
e aguardo o espreguiçar da lua 
no regaço do céu


27/11/2011

26/11/2011

39 - Conhecer as manhas



Conhecer as manhas e as manhãs,
o sabor das massas e das maçãs


38 - Há palavras



Há palavras que racham sentimentos


37 -





36 - Há multidões



Há multidões que se sentem sós...




35 - Há mentiras



Há mentiras que soam bem




34 - Há árvores



Há árvores que perderam o verde
 mas não a sua beleza beleza


33 - Há cartas



Há cartas escritas em branco




32 - Há vultos



Há vultos que ganham com

31 - Papagaio de papel



Hoje acordei com vontade de brincar
deixar a imaginação correr
e qual papagaio de papel
lançar-me nos céus a voar

Hei!!! anda daí...

30 - Abraço



Dou-te um abraço que eternize o tempo
e preencha todo o espaço
Sentiste?


29 - Pedaços



Passeio a imaginação pelos pedaços de chuva que as nuvens cospem desordenadamente
mas... nos meus olhos, o amanhã vai ter pedaços de sol a sorrir




25/11/2011

28 - Há jardins



Há jardins que escondem ecos...



27 - Quando eu for grande



Quando eu for grande, lembrem-me de eu não esquecer de ser pequena...




26 - o meu melhor



Desta vida nada se leva, só se deixa
Então eu deixo-te o meu melhor...
O meu melhor sorriso
O meu maior abraço
A minha melhor história
A minha melhor intenção
Toda a minha compreensão
E do meu coração. a maior porção

(desconheço o autor)


25 - Há ventos...



Há ventos que sopram velas

24 - Silêncio



Parem os relógios, calem o telefone
Evitem o latido do cão, emudeçam o piano
simplesmente façamos uma pausa
E desfrutemos do silêncio

(Desconheço o autor)


24/11/2011

23 - Há sorrisos



Há sorrisos que pariram lágrimas...


22 - Anda escutar o vento



Deixa que pegue na pedra mais pesada e construa o último degrau de tudo aquilo que quero dizer-te num sopro. Hás-de subir, tom por tom, sílaba a sílaba, até te encontrares. Ouve-me até que a noite caia e a madrugada se dobre sobre a minha garganta...

(Desconheço o autor)



21- Abraço



A simplicidade... de um abraço
Quando uma palavra é tantas vezes desnacessária


21/11/2011

19 - Quando o dia desmaia



Quando o dia desmaia nos braços da lua
Visto-me de noite
Solto o pensamento e aspiro-re no ar fresco
Tacteio-te na ponta dos dedos


20/11/2011

18 - Começa o dia a pular



Começa o dia a pular
Uma forma infalível para um óptimo despertar
E aí vais perceber
O quanto o amanhã foi bom...
E o ontem poderá ser...


 

17 - Anda daí!!!



A chuva está aí!!!
Vamos lá para a brincadeira
Prepara as galochas, porque vamos chapinhar nas poças


16 - Quando a noite chega



Deixo que a noite chegue e me acaricie os sonhos mais lindos, mais profundos, mais loucos... 
e sinto-os à flor da pele e no mais profundo do meu sentir...



19/11/2011

15 - A noite é uma criança



A noite é uma criança e eu sou o brinquedo
Não sou eu que chego tarde, é o sol que nasce cedo...


14 - Abraço



Que sirva de "colo", afastando toda a angústia...
Que desperte a lágrima da alegria e acalme o coração...
Um abraço que traduza a amizade.
Na realidade, o que importa é a magia do abraço, 
a fusão de energias que harmoniza, integra todo o ser e se traduz no tempo e no espaço...
ABRAÇO-TE!




13- Bem me quer



Bem-me-quer
Apanhar o momento no ar, qual pétala de bem-me-querer
e encher dele o meu regaço e por aí o espalhar





12 - É assim a Lua



Admiro-lhe a delicadeza no estender dos seus braços a quem lhe sorri. Sei que não preciso sequer pedir que me embale, para que me aconchegue e me cubra de ternuras. 
É assim a Lua!  Não resiste a beijar-me...


18/11/2011

11 - Porque me apetece



Venho brincar porque me apetece começar assim a semana....
E tu faz o mesmo, brinca... Brincadeiras que duram apenas instantes,
mas os seus efeitos perduram para sempre...




10 - Porque há dias assim



Porque há dias em que acordo assim... 
Poderá ser porque estou viva... Ou porque tenho saúde... Ou por tantas outras razões... Ou por tudo isto... Porque razão será? Não faço a mínima ideia 
mas gosto de estar assim!


9 - Gosto de inventar sonhos



Gosto de inventar sonhos, daqueles em que posso mexer, voltar atrás e continuar no dia seguinte. Com ou sem vento, porque há tempestades que fazem falta... 
Está na hora de inventar sonhos...


8 - Amigo é...



Amigo é aquele que te diz "amo-te"
sem receio de qualquer má interpretação


17/11/2011

7 - Hoje apetece-me...



Hoje apetece-me subir a escada que dá para o mundo, abrir os braços e gritar, para acordar os sonhos: Os mais estonteantes, os mais magníficos, os mais lindos, os mais profundos e viver intensamente
Bom dia vida!!!


16/11/2011

6 - Um, dois, trez, quatro lá vou eu!!!



A vida ora junta, ora distancia, por isso vamos andar (tu e eu) assim, a brincar ás escondidas. Uma vez procuro eu por ti, outras tu por mim, bora lá, agora sou eu a contar, vá esconde-te - 1 - 2 - 3 - 4... 23... 68... 69...100 e lá vou eu!!!


5 - Cansaço



O que há em mim é sobretudo cansaço
Não disto nem daquilo
Nem sequer de tudo ou de nada
Cansaço assim mesmo, ele mesmo. Cansaço
Álvaro de Campos


4 - Oh! pra eu aqui



Óh! Pra eu aqui toda arrumadita e cheia de estilo, isto é que é energia e vontade de trabalhar, à pois é!!!!
(Eu nunca mais ganho juizo eheheheh)




3 - Trouxe uma flor



Eu trouxe uma flor para ti....
Mas eu comi


2 - O dia em que o céu sorriu



O dia em que o céu sorriu e a terra... entre-tida... por tantos... não percebeu