Outros caminhos da noname

Outros caminhos da noname

21/03/2012

148 - Tempo


Observo os ponteiros do relógio... entre um minuto e o outro... Esgueirando-se pelas horas esfomeadas... Devorando em grandes garfadas os dias sem retorno


2 comentários:

  1. Não ligues aos relógios senão o indispensável...
    Pensa que o que continua a ser importante é o minuto que passa, esse é bem nosso.
    E quando passar...passou. Não podemos recuperá-lo a não ser na sua essência, gravada ou não dentro de nós.
    Por isso até o nosso último suspiro é só nosso e de mais ninguém.
    Aprende com a semente: transforma-se para dar lugar a outro ser...assim é que está certo e é a melhor forma de perfeição no amor.

    ResponderEliminar
  2. Manuela Melo21/03/12, 21:02

    Não tenho horários a cumprir, comboios a apanhar, ponto para picar.....realmente relógio para quê?? O que escreveste na imagem está perfeito..

    ResponderEliminar