Outros caminhos da noname

Outros caminhos da noname

15/12/2012

243 - Vida


Por vezes curvo-me à vida... 
Ou curva-me ela
quando me deixa de coração vazio
num silêncio sombrio
onde o espaço das emoções
fica preenchido
por tristezas, cicatrizes na alma, desilusões



1 comentário:

  1. Esse silêncio sombrio pode desencadear a frágil fronteira ebtre a verdade e a loucura E pode confundir-nos muito...
    Já me sinto a dormir em cima do teclado.
    Até amanhã, amiguita,

    ResponderEliminar