27/09/2016

611 - Das (des)Humanidades


Somente quando for
cortada a última árvore
poluído o último rio
pescado o último peixe

o homem vai perceber
que não pode comer dinheiro


4 comentários:

  1. Querida Nonamamiga

    A porra é que já será tarde. Ó balham-me os gatos que são o céu dos pardais...

    Qjs do Henrique, o Leãozão

    ResponderEliminar
  2. Por enquanto o dinheiro continua a ser a prioridade das prioridades em todos os aspectos!
    Boa noite Noname :)

    ResponderEliminar
  3. Isso é que é triste Non. A ganância do homem destrói tudo...

    ResponderEliminar
  4. É...
    ...somos um bicho esquisito...

    :)

    ResponderEliminar