Outros caminhos da noname

Outros caminhos da noname

12/04/2013

300 - Outras vozes


É tão pouco o que me faz ficar
Mas é preciso tanto para partir

Desconheço o autor


1 comentário:

  1. Sempre ouvi dizer que nos custa sempre pensar numa despedida, por mais tempo que se viva.
    Eu nunca quis acreditar.
    Para partir temos de estar preparados... e nunca poderemos descobrir nem "se", nem "quando"... Mesmo quando nada possuímos, o alento é a última coisa que nos pertence. Nada foi nisso, afinal.

    ResponderEliminar